X

BR: Galaxy Note 7 pode custar R$5 mil no Brasil

A Samsung está cada vez mais perto de anunciar o Galaxy Note 7, sucessor do Samsung Galaxy Note 5, linha de Phablets Premium ‘quase’ não acessíveis da Sul-Coreana, pelo menos não no Brasil, em que o salário mínimo é extremamente baixo, e o valor dos flagships tendem a ser cada vez mais alto.

Segundo fontes próximas a Samsung, o aparelho deve chegar na Europa por cerca de 799 euros, o que é equivalente a R$ 3 mil. Somando o valor de custo em países Europeus junto aos impostos e taxas Brasileiras, é esperado que o novo phablet da Samsung chegue em terras tupiniquins por assustadores R$ 5 mil.

É esperado que o Galaxy Note 7 seja anunciado com um processador Snapdragon 813 e com leitor de íris, nada que justifique o alto valor cobrado, já que temos outros aparelhos no mercado, como por exemplo o Lumia 950, que tem um leitor de íris e um processador, digamos que ‘equivalente’, e que custaria cerca de R$ 2900 no Brasil, caso chegasse por aqui – o que fato ainda não aconteceu.

O Samsung Galaxy Note 5, modelo atual e posteriormente anterior ao Note 7, chegou ao Brasil por cerca de R$ 3.799, e já é encontrado por R$ 2.700 com facilidade em vários lojas nacionais, implicando que os preços de aparelhos podem cair drasticamente com o passar do tempo, mas mesmo assim, não ficaria nada fácil adquirir um Galaxy Note 7 mesmo que enfrentasse uma queda subjetiva de preços.

Galaxy Note 7 deve chegar ao Brasil por valor estratosférico – Imagem: smartphone2017.com

Crise, preço e popularidade do Samsung Galaxy Note 7

Estamos passando por uma crise econômica no Brasil, o que consequentemente, ao invés de reduzir os preços de produtos para atrair o consumidor e movimentar a economia, os preços se elevam de forma absurda junto a inflação e o aumento do dólar (que inclusive está em queda significativa). O atual patamar de smartphones topo de linha no Brasil está na faixa de R$3 a 4 mil, o que pode ser quebrado com o Galaxy Note 7, saindo por absurdos R$ 5 mil.

Com a crise, os preços elevados e o aumento de um patamar de preços já absurdamente alto, é bastante improvável que o novo phablet da Samsung consiga bons resultados de vendas no país, e cá para nós, com R$ 5 mil dá para levar o atual topo de linha da Samsung, o Galaxy S7 Edge, e ainda sobra uma boa grana para comprar um computador.

Felipe Victor :Um simples aspirante buscando conhecimento e compartilhando ao mundo.
Disqus Comments Loading...