Nokia

BN-HW326_201504_8H_20150414052934 comeÇou! fusão da nokia e alcatel finalmente é iniciada

Já se faz um bom tempo que a Nokia deixou de ser a maior fabricante de celulares do mundo. Conhecida pela criação dos aparelhos “tijolões” que fizeram sucesso e ficaram marcados como ‘os indestrutíveis’, a Nokia foi uma das responsáveis na adaptação de smartphones ao mercado, com a distribuição dos seus sistemas Symbiam e MeeGo, que possibilitou ferramentas e funções inéditas da época que encontramos até hoje nos smartphones de alta tecnologia.

Em 2011, a Microsoft fechou uma parceira com a Nokia, para que os dispositivos da marca viessem com o sistema Windows Phone 7, o que acabou sendo um erro, já que na época, o sistema era totalmente não popularizado, além de ter uma baixa concentração de aplicativos e jogos que já estavam disponíveis em outras plataformas. A parceria prejudicou as vendas dos aparelhos, o que forçou a Nokia a vender sua base de dispositivos e serviços para a Microsoft.

Mesmo vendendo boa parte de ‘pertences’, a Nokia ainda permaneceu ativa, anunciando em 2014, o desenvolvimento do Tablet N1. Além da produção deste tablet, a Nokia vendeu a ‘Here Maps’ para AUDI AG, BMW Group e Daimler AG (BMW, Mercedes Benz e Audi), num consórcio avaliado a mais de U$$ 3 bilhões. A Nokia também decidiu adquirir Alcatel-Lucent um tempo atrás por U$$ 17 bilhões, porém, sem nenhuma confirmação do negócio. Segundo informações da Reuters, o negócio foi aprovado finalmente hoje, e as duas empresas terão sua junção definitiva no dia 14 de janeiro, dando a Nokia o controle de cerca de 79% das ações da Alcatel-Lucent.

Segundo o CEO da Nokia, a ideia é agir rapidamente para combinar as duas empresas e executar os planos de integração”

A Aquisição da Alcatel da Nokia também podem se beneficiar planos futuros smartphones da empresa, mesmo vale para tablet, smartwatch ou quaisquer outros planos Nokia possa ter.

FONTE: AndroidHeadlinesTudoCelular