Durante a semana, alguns rumores alertavam sobre a descontinuação da mais importante linha de drones da DJI, a Phantom. Queridinho por grande parte das produtores a pilotos de drones, o Phantom é reconhecido e muito recomendado no mercado de filmanges aéreas, exatamente por conter tecnologia de ponta e autonomia suficiente para trabalhos de gravação e operação.

Esses rumores começaram quando o diretor de Integração de Segurança Pública da DJI , Romeo Durscher, falou em um podcast que a linha Phantom, com exceção do Phantom 4 Pro RTK estava encerrada. Romeo respondeu a um questionamento sobre o fato de que a linha Phantom está fora de estoque há mais de um mês nas loja DJI.

Para apimentar mais os rumores, surgiu também, através de um blog sobre Drones, a informação de que toda a linha “Phantom 5” foi cancelada. Essa linha já estava sendo conhecida por provavelmente ser lançada com lentes
intercambiáveis.

A DJI nega rumores

A DJI nega que os relatórios e os vazamentos sejam verdadeiros. “Romeo falou mal”, disse o diretor de comunicações da DJI, Adam Lisberg, ao The Verge.

“Devido à falta de peças de um fornecedor, a DJI não pode fabricar mais drones Phantom 4 Pro V2.0 até novo aviso. Pedimos desculpas por qualquer inconveniente que isso possa causar e recomendamos aos nossos clientes que explorem os drones da série Mavic da DJI como uma solução alternativa para atender às suas necessidades ”, diz um comunicado oficial da DJI.

Em relação ao Phantom 5, a DJI diz que “nunca dissemos que consideramos fazer um Phantom 5, então não há nada a cancelar”.

Mesmo ao negar, DJI pode sim matar a linha Phantom

É um pouco estranho faltar peças para uma linha de drones por tanto tempo, a menos que esse seja de fato o plano da fabricante. A linha Phantom é a queridinha de muitos, mas isso não quer dizer que seja a melhor e a mais vendida.

Para muitos, a linha não faz tanto “peito” perto do DJI Mavic, que é dobrável, tem uma nova versão robusta e pode ser levado para qualquer lugar sem chamar muita atenção. Com esse contexto, muita gente pode estar optando pela linha Mavic e entregando à DJI, a “fórmula” para o seu mercado daqui em diante.

No entanto, embora isso seja fato decisivo na hora de comprar um drone, alguns ainda preferem dizer que o Phantom tem mais perfil de cores, ou é mais fácil para controlar e tem uma cara mais profissional.

De fato, vale considerar que a negação da DJI pode sim ser o que estará nos planos. Mas um diretor da empresa responsável pela linha de produtos ter se “pronunciado mal”, não parece uma justificativa plausível para justificar a falta de Phantoms nas lojas DJI.