E-commerce. Shopping cart with cardboard boxes on laptop. 3d

O país está em crise mas o E-commerce não! Segundo dados divulgados pela Conversion, a indústria de vendas online teve um crescimento de 25% nas vendas em relação a 2015. Em relação ao ano de 2014, o crescimento foi de 54,6%.

Em crescimento em todo o planeta, o E-commerce – nome dado as lojas online – não param de gerar lucratividade para a economia de seus países. No Brasil, enquanto o comércio e a indústria fecham às portas devido a grave recessão instaurada no país, o E-commerce continua em crescimento elevado, movimentando a economia do setor.

Em 2016, foi registrado lucros totais de cerca de R$69 bilhões no E-commerce Brasileiro, enquanto em 2015, o valor foi de R$55 bilhões. Em 2014, o setor registrou lucros de R$43.07 bilhões.

E-commerce e-commerce teve lucro total de r$69 bilhões em 2016
Imagem: Reprodução de relatório da “Conversion”. Acesso em 01/01/2017

Mês de Novembro teve o maior lucro devido à Black Friday

A Black Friday de 2016 foi bastante positiva para o país neste ano, elevando os lucros do mês de Novembro. Segundo dados da Conversion, o mês de Novembro registrou lucros de R$8,72 bilhões, 48,74% a mais do que o mês de Outubro e 12,51% dos lucros totais de todo o ano.

E-commerce e-commerce teve lucro total de r$69 bilhões em 2016
Imagem: Reprodução de relatório da “Conversion”. Acesso em 01/01/2017 – Table mostra lucros do E-commerce em todos os meses de 2016.

Dados demográficos do E-commerce

O Sudeste foi o que mais comprou na internet em 2016, com 69,44% da receita, seguido do Sul com 11,07%, Nordeste 9,26%, Centro-Oeste 6,17% e Norte, 4,02%.

O estado de São Paulo foi o que mais comprou na internet em 2016, movimentando cerca de R$ 31,31 bilhões, seguido pelo Rio de Janeiro, com R$ 10,15 bilhões, e Minas Gerais, R$ 6,65 bilhões.

Viagens, Eletrodomésticos e produtos de Informática foram os mais vendidos de 2016

No gráfico abaixo, mostra-se dados sobre a porcentagem de venda de cada setor do E-commerce. O setor de Viagens surpreende por ser o que mais vendeu no ano de 2016;

E-commerce e-commerce teve lucro total de r$69 bilhões em 2016
Imagem: Reprodução de relatório da “Conversion”. Acesso em 01/01/2017 – Gráfico mostra setores do E-commerce que mais venderam em 2016.

E-commerce pode movimentar cerca de R$290 bilhões em 2021

Com o crescimento de 25% em 2016, e 220 milhões de pedidos, o E-Commerce pode crescer muito mais até 2021.

“Os resultados desse relatório não poderiam ser mais satisfatórios ou animadores. Todas as estatísticas apontam para resultados positivos, trazendo um certo otimismo para o mercado.

A previsão de crescimento de 25% em 2016, quando comparado a 2015, a expectativa de movimentação de R$ 229 bilhões até 2021, aliadas a um alto ticket médio, boa média de taxa de conversão e a expectativa de um grande número de visitas a sites de e-commerce, faz saltar aos olhos as vantagens de fazer parte deste competitivo mercado.

Esse relatório também mostra a importância de se aliar às boas práticas de e-commerce, relacionamento com o cliente, SEOe mídias de performance.” – aponta o relatório oficial que pode ser visto clicando aqui.