Segundo a agência Reuters, a Google rompeu lanços de negócios com a Huawei. Essa suspensão ocorre após o presidente norte-americano Donald Trump adicionar a Huawei em uma lista negra de comércio, imediatamente aprovando restrições que tornarão extremamente difícil para a gigante de tecnologia chinesa fazer negócios com empresas nos EUA.

Descubra o que muda para você com a quebra de acordo entre Google e Huawei

Motivações que levaram à ruptura

Para o presidente norte-americano Donald Trump, a Huawei é suspeita de instalar
serviços de espionagem em seus produtos, o que lhes permitiria interceptar o tráfego de comunicações, espionando e obtendo segredos dos países em que mantém relações comerciais.

A ZTE também foi acusada pelo mesmo motivo. Ambas as companhias negam as acusações.

Recentemente, a Huawei voltou ao Brasil e começou a vender o seu mais novo smartphone, o Huawei P30 Pro. Ocorreram também discussões entre o Governo brasileiro sobre limitações à companhia no Brasil. No entanto, o Governo decidiu não interferir no comércio da Huawei no país.