Clarice Lispector
Brasil, S„o Paulo, SP. 1974. Retrato da escritora Clarice Lispector, que nasceu na Ucr‚nia, mas foi criada e viveu por toda a sua vida no Brasil. - CrÈdito:ARQUIVO/ESTAD√O CONTE⁄DO/AE/Codigo imagem:10507

Neste Dia Internacional da Mulher, o Google trouxe um Doodle que exalta, sobretudo, a igualdade de gênero e a independência da mulher no mundo, com frases de figuras femininas que fizeram história.

Ao entrar na página do buscador, o doodle interativo mostrará a palavra “Mulher” em 10 linguagens diferentes, incluindo o português. Ao clicar nele, você verá frases célebres e marcantes na história de lutas como o feminismo e da resistência contra o machismo.

“Sou mais forte do que eu” – Clarice Lispector

dia internacional da mulher
Doodle exalta mulheres marcantes na história. Imagem/Reprodução.

A responsável pela arte exibida no doodle, em referência à Clarice Lispector, Cyla Costa ilustradora e letrista – afirmou que “Uma sentença tão simples, porém tão poderosa: para mim, isso significa o poder de auto-superação e a reflexão de uma mulher sobre o que ela realmente é versus o que a sociedade diz que ela deveria ser. Deixe cada mulher escolher sua própria versão de ‘eu’.”

Outras célebres mulheres como a mexicana Frida Kahlo, a indiana Mary Kom e a norte-americana Dra. Mae Jemison também ganharam destaque no doodle do Dia Internacional da Mulher.

No século XX, Frida Kahlo foi umas das personagens mais significativas no âmbito político e cultural no México.

A vida de Frida Kahlo transcende fatos que irão repercutir na sua obra. Alguns críticos de arte sugeriram que ela era uma pintora surrealista, no entanto, Frida rebateu dizendo que nunca pintou sonhos, mas sua própria realidade, pois ela própria era o assunto que mais conhecia.

Mary Kom é a única mulher a se tornar campeã mundial de Boxe Amador e a única mulher a ganhar uma medalha em cada um dos sete campeonatos mundiais. Kom tem 36 anos.

Já a estadunidense Dra. Mae Jemison se tornou a primeira astronauta negra da NASA e também da história, em 1992, a bordo da missão STS-47 do ônibus espacial Endeavour.

Clarice Lispector

Nascida na Ucrânia, Clarice Lispector declarou ser pernambucana e é autora de romances e diversas obras na literatura brasileira, sendo considerada uma das mais importantes escritoras do século XX e a maior escritora judia desde Franz Kafka.

Clarice Lispector já emplacou oito títulos em novelas, sendo grande parte delas da TV Globo. Entre as mais populares, está Laços de Família (1960),  Felicidade Clandestina (1971) e A Bela e a Fera (1979).

Nos clássicos infantis, Clarice Lispector é autora das obras O mistério do coelho pensante (1967), A mulher que matou os peixes (1968)A vida íntima de Laura (1974), Quase de verdade (1978)Como nasceram as estrelas (1987).

Clarice Lispector clarice lispector dia internacional da mulher
Imagem: Reprodução Livraria Cultura

Em seus textos, Clarice Lispector se identificava com o Modernismo, que foi um conjunto de movimentos culturais da primeira metade do século XX, baseado na ideia de que as formas “tradicionais” das artes plásticas, literatura, design, organização social e da vida cotidiana tornaram-se ultrapassadas, e que se fazia fundamental deixá-las de lado e criar no lugar uma nova cultura.

clarice lispector dia internacional da mulher
Brasil, S„o Paulo, SP. 1974. Retrato da escritora Clarice Lispector, que nasceu na Ucr‚nia, mas foi criada e viveu por toda a sua vida no Brasil. – CrÈdito:ARQUIVO/ESTAD√O CONTE⁄DO/AE/Codigo imagem:10507

Clarice Lispector também foi jornalista. A escritora nasceu em 10 de dezembro de 1920, em Chechelnik, Oblast de Vinnitsa, República Popular da Ucrânia e faleceu aos 56 anos, em 9 de dezembro de 1977, no Rio de Janeiro.