No último 6 de Maio, a NVIDIA revelou ao mundo detalhes sobre a nova placa gráfica da companhia, a GeForce GTX 1080, que veio para substituir a GTX 980.

Na apresentação, Jen-Hsun Huang, CEO da NVIDIA demonstrou alguns jogos rodando em qualidade ULTRA com todos os gráficos sendo processados em tempo real (real-time) pela nova placa GTX 1080.

A GeForce GTX 1080 é duas vezes mais poderosa do que a GTX TITAN X

Ainda segundo a companhia, o investimento da nova GTX 980 foi tão caro, que daria para levar alguém para Marte. A placa foi desenvolvida durante anos, com uma equipe qualificada e gastos que avançam a casa dos bilhões de dólares. O resultado do investimento, garante uma placa de vídeo que apresenta desempenho superior ao que é obtido em uma configuração SLI de duas placas GeForce GTX 980, ou seja, o dobro de aproveitamento.

Além disso, a companhia também informou que a nova placa alcança o dobro de desempenho gráfico da incrível GTX TITAN X, preparada exclusivamente para tecnologias de realidade virtual como o Oculus Rift, o que permite um desempenho impressionante em Desktop.

GTX 1080 gtx 1080 promete qualidade ultra em todos os jogos do planeta
Imagem: Reprodução TecMundo

Especificações GeForce GTX 1080

  • CUDA Cores: 2560
  • Clock Base: 1.607 MHz
  • Clock Boost: 1.733 MHz
  • Poder computacional: 9 TFLOPs
  • Memória: 8 GB GDDR5X
  • Velocidade da memória: 10 Gbps
  • Interface da memória: 256-bit
  • Largura de banda da memória: 320 GB/s
  • Tecnologia: Multi-Projection, VR Ready, NVIDIA Ansel, NVIDIA SLI Ready, NVIDIA G-SYNC Ready, NVIDIA GameStream Ready, NVIDIA GPU Boost 3.0, DirectX 12, Vulkan, OpenGL 4.5
  • Sistema: Windows 7, Windows 8, Windows 10, Linux, FreeBSDx86
  • Resolução máxima: 7680×4320 pixels @ 60 Hz
  • Displays: DP 1.4, HDMI 2.0b, DL-DVI
  • Temperatura máxima de funcionamento: 94°C
  • Consumo de Energia: 180 watts
  • Fonte recomendada: 500 watts
  • Dimensões (C x A x E): 26,67 x 11,11 x 2-slots
  • Preço: US$ 599

O que também chamou muita atenção no lançamento da nova placa, foi o preço cobrado por ela em solo americano. Era de se esperar que a nova GTX 1080 chegaria por algo em torno de US$700 dólares, mas a placa gráfica chegou por US$ 599, algo em torno de R$2.099 em conversão direta com a atual cotação do dólar.