O mês de Janeiro foi bastante aquecido em importação de smartphones. O Brasil importou mais do que o triplo do que havia importado em Dezembro do último ano. Só em Janeiro, Brasileiros gastaram cerca de US$ 66 milhões em Smartphones e celulares importados do exterior, 224% a mais do que em Dezembro, que foi algo em torno de US$ 20 milhões.

Smartphones importação de smartphones cresce 224% em janeiro
Imagem: Reprodução – China se destaca entre os países mais buscados por Brasileiros para importar.

Importação elevada de Smartphones tem justificativa

A justificativa para isso se deve à queda do dólar, que passou a ser cotado nas últimas semanas em aproximadamente R$ 3,08.

Outros fatores como o alto custo de smartphones no Brasil e a falta das principais empresas no Mercado, como a Xiaomi, também acarretam nas vendas locais, obrigando o Brasileiro à importar.

As exportações de Componentes Elétricos e Eletrônicos somaram US$ 164,8 milhões, com crescimento de 12,3% em relação à janeiro de 2016. Destacaram-se as vendas externas de eletrônica embarcada, principais produtos exportados do setor, que somaram US$ 43 milhões, 47% acima do resultado obtido em janeiro do ano passado.

De acordo com a Abinee, quase todos os setores de produtos elétricos e eletroeletrônicos tiveram queda. O déficit da balança comercial na área chegou a US$ 2,2 bilhões em janeiro de 2017, resultado 54% superior ao do mesmo período do ano passado, que foi de US$ 1,4 bilhão. As importações cresceram 39%, enquanto exportações caíram 13%.

Smartphones importação de smartphones cresce 224% em janeiro
Imagem: Abinee – Enquanto importações tem superávit, vendas locais continuam em déficit

Na comparação com o mês anterior (dezembro/2016), as importações cresceram 16%, enquanto as exportações recuaram 33%. As vendas de produtos e bens do setor elétrico e eletroeletrônico somou US$ 349,3 milhões no primeiro mês deste ano.