O Here Maps, aplicativo que ficou popularmente conhecido por oferecer mapas offline e recursos na qual o Google Maps não oferecia, ainda está vivo.

Duas empresas chinesas com maior capital concentrado em Cingapura, concordaram em comprar uma participação de 10% na empresa de mapeamento digital controlada pelos principais fabricantes de automóveis da Alemanha, “HERE” para ajudá-los a desenvolver carros autônomos. As empresas chinesas de mapeamento digital NavInfo (002405.SZ), e a Tencent (0700.HK), empresas de serviços de internet.

A China está empurrando o desenvolvimento de carros elétricos e autónomos e fez diversos e importantes investimentos em empresas de alta tecnologia na Europa.

O Here Maps

O Here começou exclusivamente no Windows Phone, isso por que a Nokia foi responsável por seu desenvolvimento. Pouco tempo depois, ao vender sua divisão Mobile para a Microsoft, a Nokia ficou também com a divisão no setor de mapas, no caso estamos falando do Here Maps. Com os custos lá encima, a Nokia planejou vender o Here Maps e diversas empresas, inclusive automotivas se interessaram em comprar o serviço de Mapas da Nokia, que acabou sendo vendido para uma companhia automotiva Alemã, pelo valor de 2,55 bilhões de euros (equivalente a R$ 8 bilhões).

Antes disso, o Here já havia chegado ao Android e iOS, trazendo em primeira mão, mapas offline, que até então só existiam com exclusividade no Windows. Perdendo espaço, a Google se sentiu na obrigação de desenvolver o recurso de mapas offline no Google Maps; após isso, o Here voltou a andar para trás.

Agora, com mais investimentos, esperamos que o Here Maps consiga voltar a ganhar espaço no mundo de mapas digitais.