Lumia 950XL por R$4.000

lumia-950xl-e1444666330766-750x350

Se você pretende, ou ‘pretendia’ adquirir um Lumia 950 ou 950XL, é melhor pensar bastante em economizar. Isso se deve por que segundo informações do WMPowerUser, os aparelhos devem chegar em até R$4.000 devido a desvalorização do real em relação ao dólar, e claro, devido a crise.

Segundo o WMPowerUser, um funcionário da Microsoft revelou que além dos aumentos nos preços, os aparelhos realmente estão em atraso para o lançamento devido a atual situação econômica vivida pelo país. O site revelou também que a Microsoft não fará a produção dos Lumias 950, 950XL e 550 no Brasil, o que prejudicará mais ainda no valor do produto.

Devemos lembrar que, nos Estados Unidos a procura pelo aparelho é tão grande, que falta estoques para vendas em diversas lojas no país, e que sua versão mais cara sai por US$ 649, equivalente à R$2.596.

O Lumia 950 XL é um dos celulares mais potentes lançados em 2015, trazendo uma vantajosa lista de especificações técnicas, incluindo uma tela de 5,7 polegadas, usando a resolução Quad HD (2560 x 1440 pixels) para a exibição de conteúdo, 3 GB de RAM, o chipset Qualcomm Snapdragon 810, que traz um processador de oito núcleos e a Adreno 430 para os gráficos, 32 GB de memória para o armazenamento interno, podendo ser expandida via cartão microSD de 200 GB, câmera principal PureView de 20 megapixels com estabilização ótica de imagem, câmera frontal de 5 megapixels, LED triplo para o flash posterior, bateria de 3.340 mAh, suporte ao conector universal USB Type-C e Windows Mobile 10 como sistema operacional.

Aos fãs da Microsoft, basta mesmo esperar para saber a real situação, já que as informações do WMPowerUser não garantem a real situação sobre o lançamento dos aparelhos no Brasil, mas o que já sabemos é que o sistema é muito bem recebido no país, sendo um dos principais mercados para o Windows Phone, e se caso esses aparelhos cheguem neste valor, poderia deixar muitas lojas com estoques de Lumias 950 e 950XL lotados, ou bem vazios por falta de interesse até mesmo das grandes marcas de vendas.