O grupo extremista autodenominado “Estado Islâmico” criticou as atitudes das redes sociais Facebook e Twitter devido ao fato de suas contas estarem sendo derrubadas.

Com isso, o grupo ameaçou Mark Zuckerberg CEO do Facebook e Jack Dorsey CEO do Twitter, anunciando em um vídeo publicado pelo grupo extremista e que está sendo divulgado via Telegram.

Vocês não estão no nosso nível. Se vocês fecham uma conta, levaremos 10 no lugar e logo seus nomes serão apagados depois de deletarmos seus sites por Alá.

Estado Islâmico mark zuckerberg e jack dorsey são ameaçados de morte pelo isis
Imagem de reprodução: Sons of the Caliphate Army – TecMundo

O texto revela arduamente ameaças de morte para o CEO do Facebook e Twitter, e ainda uma possível queda de seus respectivos serviços.

Nem Mark Zuckerberg e nem Jack Dorsey comentaram o ocorrido. Após a ameaça, o correto a se fazer é intensificar a segurança de todos os escritórios das duas empresas, para de fato evitar algo como aconteceu com a revista francesa Charlie Hebdo já que o grupo ameaça apagar de vez o Facebook e Twitter.

O vídeo em circulação tem o nome de “Chama dos Apoiadores”, segundo informações do site Vocativ.