O primeiro dia do evento da Microsoft, Build 2016 que acontece anualmente para desenvolvedores trazendo novidades para o ecossistema da Microsoft praticamente abandonou um dos seus ‘números principais’, o Windows 10 Mobile. Na Build de 2014 e 2015, os grandes destaques foram respectivamente a Cortana (2014) para o Windows Phone e o Windows 10 Mobile, no evento de 2015, mostrando algumas funções do sistema.

Hoje, a Microsoft quase não falou do Windows 10 Mobile e optou por deixar a frente a concorrência, Android e iOS. Foi apresentado no evento recursos novos da nova atualização para o Windows 10 de PC, mas em nenhum momento, a Microsoft informou se os recursos chegariam de forma universal ao Windows 10 Mobile. Em um momento da conferência, foi dito que as novas funções da Cortana estariam em plena sincronia com o Android, mas nem se quer foi sitado algo relacionado a versão mobile do Windows 10.

Evento da Microsoft, ‘sem’ a Microsoft

Em nossa percepção, o evento foi marcado pelo fato de falar mais sobre concorrentes do que investir nos próprios produtos da empresa. A Microsoft acertou em cheio ao inovar no Xbox, Hololens e na nova atualização de aniversário do Windows 10, mas a empresa ‘pecou’ feio ao excluir o Windows 10 Mobile de seu evento anual em que se tem de tudo e um pouco mais. A Microsoft nem se quer falou sobre a atualização Redstone em sua versão mobile, o que é preocupante.

Não é de hoje que a Microsoft se mostra acreditar cada vez mais no Android e iOS e causar espanto em seus usuários mobile. Diversos usuários reclamam que algum dos produtos da empresa em outras plataformas funcionam até melhor e recebem suporte de atualizações cada vez mais frequentes, enquanto o Windows Phone é deixado de lado pela empresa.

Com isso, os usuários que já estavam se afastando da plataforma devido as suas promessas não cumpridas, agora poderão procurar suas concorrentes, já que nem mesmo a própria Microsoft se mostra confiável em seu próprio produto.