onedrive

onedrive microsoft encerra armazenamento gratuito do onedrive

Em Novembro, a Microsoft anunciou mudanças que afetam vários clientes que utilizam seu serviço de armazenamento gratuito em nuvem, o OneDrive. Quando você adquiria um smartphone e realizava o upload de fotos, músicas e vídeos no OneDrive, você ganhava 15GB de armazenamento gratuito, isso vale também para ativações que eram feitas na compra do Office 365.

Acontece que em Novembro, a Microsoft anunciou medidas e retirou o armazenamento gratuito de 30GB do OneDrive. A partir de agora, novos clientes que começarem a utilizar os serviços do OneDrive, terão em disposição apenas 5GB em armazenamento grátis, podendo ser expandido com pacotes vendidos pela Microsoft.

A Microsoft tomou esta decisão devido à alguns impasses criados por usuários do serviço, que segundo ela, armazenavam “coleções” inteiras de gravações em DVR;

“Desde o momento em que nós liberamos o armazenamento da nuvem para os assinantes do Office 365, grupos de usuários fizeram backup de seus computadores e armazenaram coleções inteiras de gravações em DVR. Em alguns casos, isso excedeu 75 TB [tebabytes] por usuário, ou 14 mil vezes a média”, explicou a Microsoft.

Para quem já adquiriu de forma gratuita os 30GB e reservou o armazenamento liberado pela Microsoft antes do prazo concedido que foi até o último domingo 31-01 vai continuar com seus serviços de armazenamento. A regra valerá exclusivamente para novos usuários e para os que não reservaram o espaço na nuvem do OneDrive.

Os assinantes do Office 365 (Home, Pessoal e Universitário) passaram a ter à disposição armazenamento de apenas 1 TB. Poderão deixá-los nos serviços da Microsoft por, pelo menos, mais 12 meses. Os assinantes do Office 365 que não concordarem com as alterações poderão pedir reembolso.

A Microsoft também acabou com os planos de armazenamento de 100 Gigabytes e 200 GB para novos usuários. Os pacotes foram substituídos pela opção única de 50 GB, que começará a ser oferecida em 2016 por uma mensalidade de US$ 2. Como a mudança vale apenas para clientes novos, os usuários antigos não terão suas condições alteradas.