Seguindo a linha de “extinção” do Windows Phone, a Microsoft parece concluir mais um processo para se “desintegrar” de sua turbulenta divisão Mobile. Agora, os smartphones Lumia fabricados por ela, não são mais encontrados em lojas oficiais da companhia.

O Lumia 735 ainda podia ser encontrado nas lojas online da Microsoft em parceria com a Verizon. A partir de hoje, isso não será mais possível. A Microsoft finalizou o último lote do aparelho e pôs um fim nas vendas oficiais de Lumias.va

A Microsoft não vai mais produzir smartphones?

Nomeado como “imaterial” pela própria companhia, o setor Mobile da Microsoft não é mais significante, é o que afirma o site “NeoWin”. Contudo, isso não quer dizer que a companhia vai desistir de vez do setor; apenas diz que a Microsoft não quer mais carregar “o peso” sozinha.

A Microsoft vem jogando o setor para cima de companhias como a Hewlett Packard, que fabrica o sonhado HP Elite X3, o smartphone mais completo já lançado com Windows 10 Mobile até agora.

Outras OEM’s como a Acer e até Xiaomi deram uma força ao sistema. A Acer também fabricou modelos premium com o sistema da Microsoft, enquanto do outro lado, a Xiaomi autorizou a troca do sistema de alguns de seus Smartphones para o Windows 10 Mobile, um feito histórico na nova geração de aparelhos móveis

Apesar de incentivar grandes empresas a venderem smartphones com Windows, a Microsoft não está completamente fora do Jogo.

Segundo fontes, a companhia está trabalhando duro em protótipos do Surface Phone, o sonhado smartphone da Microsoft que virá com o Windows 10 Puro, sem quaisquer modificação, apenas se adaptando aos diferentes tipos de telas.

No entanto, apesar de rumores, não podemos levantar especulações, uma vez que o projeto segue em segredo, ou talvez possa nem existir devido à falta de informações sobre ele. Mas vamos ser justos! O Hololens vem sendo desenvolvido desde 2006 e nunca foi à tona publicamente como rumor. A primeira vez que ele foi visto e falado, foi na exibição oficial.

Mesmo assim, é melhor não criar expectativas. Apenas considere que a Microsoft não vende mais Smartphones desde então.