Depois que alfaces foram cultivados pelos astronautas na estação espacial, Zínia foi a primeira flor que floresceu no espaço, plantada há 2 anos. O Guiness, registra no livro dos records, que a 1ª flor foi oficialmente a arabidopsis – mas a Zínia é diferente, segundo Trent Smith, coordenador do laboratório Veggie.

A foto foi publicada no Twitter pelo astronauta Scott Kelly

Zínia é uma planta comestível, foi plantada há 2 anos no Lab Veggie, um laboratório na estação espacial, que criou condições básicas e temperatura adequada para o florescimento da flor. Com o crescimento da flor, agora a NASA pode expandir as alternativas o cultivo de outras espécias de plantas e alimentos fora da nossa Terra.

Com o sucesso da Zínia, que agora podem ser comidas juntamente com a salada, a equipe da estação voltará a plantar alfaces e repolhos e em 2018 já deverão ser cultivados alguns tomates. Para a NASA, o cultivo de tomates será uma marco histórico, possibilitando produzir alimentos fora da Terra em missões e distâncias cada vez maiores e longas.