Firefox Quantum

A Mozilla acaba de lançar o seu mais novo navegador, o Firefox Quantum. Com potência e velocidade, o navegador foi inspirado para trabalhar com fluidez, consistência e um design totalmente renovado.

O Quantum chega em um momento onde Chrome, o Firefox convencional e o Microsoft Edge disputam espaço.

Com recursos interessantes como a captura de tela, ferramentas de segurança e antiespionagem, velocidade e um novo motor, a Firefox acertou em cheio em seu novo navegador para computadores. Nós amamos o resultado que o Quantum proporcionou até o momento.

Uma linguagem diferente

“Esta história começa há alguns anos atrás. Provavelmente, o aspecto mais exclusivo do Firefox Quantum, nosso molho secreto, é o uso de Rust, a linguagem de programação que desenvolvemos, para executar partes do navegador em paralelo (por exemplo, mecanismo CSS), utilizando múltiplos núcleos de CPU “, disse Ngyuen, Vice-presidente de produtos da Mozilla.

A Mozilla desenvolveu uma linguagem própria para o seu navegador, como afirma o Vice-presidente de produtos da companhia. A vantagem nisso tudo é que a Mozilla transcendeu os limites da própria linguagem, fazendo um paralelo entre desenvolver e corrigir problemas relacionados ao código do navegador e ao código da linguagem.

“Os navegadores tradicionais foram escritos em C ++. Ao programar em C ++, é muito fácil para os programadores introduzirem inadvertidamente bugs ou vulnerabilidades de segurança quando tentam criar algoritmos complexos que são executados em paralelo. O Rust nos permitiu codificar novos algoritmos que tornam a experiência da Web no Firefox Quantum super rápida e segura “.

Firefox Quantum aquece o mercado de navegadores

Há tempos o Google Chrome domina o “mercado” de navegadores que oferecem acesso à internet. Com mais da metade de usuários, o Chrome é a principal opção de maior parte dos consumidores de conteúdos na internet. Fazendo jus as estatísticas, o Chrome se mostra confiável e tem um desempenho satisfatório.

O que você pretende comprar nesta Black Friday?

Serviço de streaming da Disney está previsto para 2019

No entanto, o Quantum realmente utiliza menos memória RAM do sistema e trabalha com mais segurança e velocidade do que o adversário, haja vista que, em nossos testes, conseguimos obter resultados positivos na maioria dos sites acessados, como Youtube, o próprio TecStudio e o Facebook.

Simultaneamente com outros programas, o navegador também trabalhou bem. Não há diferença de desempenho ao utilizar outros recursos do computador, como acontece de vez enquanto no Chrome, devido ao uso excessivo de memória. É claro que isso depende do hardware da sua máquina, podendo variar ou não no desempenho em caso de uso de recursos junto ao navegador

Sendo assim, o Quantum pode ser uma grande dor de cabeça para a Google.

Se você quer testar o novo navegador da Firefox, clique aqui e não se esqueça de contar pra gente nos comentários sobre a sua experiência com o navegador.

Demonstre uma reação nesta publicação
Curti Amei Haha Uau! Triste Grr!