Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A Intel publicou uma longa publicação de blog nesta quarta-feira (8), promovendo o sucesso e a evolução do seu microprocessador x86 de 40 anos – aquele que alimentou o primeiro computador pessoal da IBM em 1978 e ainda elepa a maioria das PCs e laptops. Mas não foi apenas um passeio pela lane da memória. A Intel terminou a publicação com uma lembrança de que não tolerará a violação do seu portfólio de patentes, incluindo as que envolvem o x86.

“Houve relatos de que algumas empresas podem tentar imitar o ISA X86, propriedade da Intel, sem a autorização da mesma… esperamos que outras empresas continuem a respeitar os direitos de propriedade intelectual da Intel”.

Entre as linhas: Este é um tiro na curva da Intel. A empresa não licencia amplamente suas tecnologias x86 além de alguns acordos (AMD e Via Technologies), e parece estar preocupado que os esforços planejados para imitar sua tecnologia infrinjam inevitavelmente sua propriedade intelectual.

Embora não tenha sido mencionado pelo nome na postagem da Intel – e um porta-voz se recusou a nomear empresas específicas – a Microsoft e a Qualcomm anunciaram planos para uma versão do Windows 10 no Snapdragon 835 da Qualcomm que usa emulação para executar aplicativos mais antigos projetados para máquinas Windows com base em x86.

A Intel já segmentou aqueles que imitam seu conjunto de instruções x86, mais notavelmente um arranque de fichas bem chamado, chamado Transmeta, que visava assumir a Intel e a AMD em laptops no início dos anos 2000.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Demonstre uma reação nesta publicação
Curtir Amei Haha Uau Triste Grr
1
COMPARTILHAR
Graduando em Comunicação Social- Jornalismo. Vejo no meio web a forma mais compacta e ao mesmo tempo divertida de fazer jornalismo. Gosto de curtir cada momento da vida.