A Apple não esconde qualidade na construção de seus Gadgets, mas isso pode custar caro, muito caro. Um exemplo são os novos Macbooks, que chegam a custar o preço de um carro popular no Brasil, entretanto, esbanjam uma construção fina e complexa, com recursos modernos, mas que são encontrados em modelos de preços bem abaixo.

Novos Macbooks
Imagem: Apple – Novos Macbooks chegam ao Brasil por preços assustadores.

Antes de fazer você cair da cadeira com os preços, que tal falarmos um pouco dos recursos dos novos Macbooks? Mas vamos ser críticos, hein!?

A versão mais barata é o Macbook Pro com tela de 13 polegadas, processador Core M3 dual-core de 1,2 GHz (com Turbo Boost de até 3,0 GHz), 8 GB de memória LPDDR3, SSD de 256 GB e placa de vídeo integrada Intel HD Graphics 615. O modelo sem Touchbar custa R$ 9.799. Já o modelo com Touchbar custa cerca de R$13.899.

O modelo mais caro, MacBook Pro de 15 polegadas, tem um processador Intel Core i7 quad-core de 3,1 GHz (Turbo Boost de até 4,1 GHz), 16 GB LPDDR3 de memória, SSD de 2 TB, Radeon Pro 560 com 4 GB de memória, quatro portas Thunderbolt 3, teclado retroiluminado (americano) com Touch Bar e Touch ID. Este custa impressionantes R$ 32.227 (e pode dividir, viu!?)

Os novos Macbooks tem poder de fogo, mas são pouco interessantes para jogos. Existem modelos que fazem o enredo “Games + Business” mais baratos no mercado e que são mais potentes como a linha Alienware da Dell, ou a própria linha XPS, não voltada para jogos, mas com o preço mais em conta.

Com R$9.799, é possível encontrar uma configuração até melhor que o modelo mais caro do Macbook Pro da Apple e ainda contar com poder de fogo para jogos.

Com R$32.227 você pode comprar um carro popular no Brasil, e ainda sobra para garantir um Notebook mais em conta.

Mas por que Macbooks com preço tão elevado?

Todos sabemos que a Apple preza por recursos avançados de multimídia, algo que o Macbook é indiscutivelmente uma excelente opção. Desenvolvedores de conteúdo gráfico, muitas vezes escolhem os notebooks e computadores da Apple para desenvolver suas criações. Só isso não serve como justificativa.

O material usado nos Macbooks é de excelente qualidade. Além disso, o equipamento dificilmente apresentará defeito eletrônico e/ou físico com pouco tempo de uso.

Apesar de toda a qualidade física e material dos Gadgets da Apple, todos sabemos que a companhia pratica preços exorbitantes, principalmente no Brasil. Não há uma regra especificamente definida para o custo final do aparelho. O que sabemos é que, a Apple vive de lucros.

Enquanto babamos em um Macbook Pro, podemos babar e ainda ter um Notebook com configurações avançadas por um preço melhor. Que tal deixar o “diferentão” para quem pode comprar?

A questão é que um Macbook é um Macbook. Qualidade, diferencial e segurança é com ele mesmo. (nunca fomos tão bipolares).

E você!? Vai comprar um Macbook ou dar entrada em um apart?

Demonstre uma reação nesta publicação
Curti Amei Haha Uau! Triste Grr!
11
COMPARTILHAR
Técnico em Informática e fundador do TecStudio. Apaixonado por Astronomia, Ciência, Tecnologia, Games, Séries, Cinema, Música e salada, com muito tomate, alface e brócolis.
  • Luiz Carlos Querido

    Caro para pobre, com certeza. Quem tem grana quer qualidade. Se quiser baratinho, leva um Positivo ou CCE.