The League poderá ser melhor que o Tinder?

“The League” foi lançado oficialmente na segunda-feira em Detroit, e é feito apenas para homens e mulheres de alto alcance, ambiciosos e focados na carreira, que são sérios sobre namoro.

Apenas 500 profissionais de Detroit, dos 3.000 da lista de espera, foram convidados a se juntar a “The League” até o momento, mas espera-se que mais sejam convidados nas próximas semanas. Meredith Davis, chefe de Comunicações, diz que autentica os perfis das pessoas através do LinkedIn.

“Tivemos cerca de 3.000 pessoas que esperavam na lista de espera de Detroit e hoje 500 pessoas receberam a notificação de que foram convidadas a se juntar a ‘The League'”, contou Davis. “Então, fazemos rascunhos semanais – nós os chamamos de esboços de domingo – e nós estaremos preparando usuários semanalmente em Detroit para se juntar a nós”.

“The League” foi originalmente lançado há dois anos e agora se ramificou para outras 21 cidades em todo o país. Inicialmente, não deveria estar funcionando em algumas cidades, mas os números elevados aceleraram o processo.

“Nós fizemos uma grande série de lançamentos neste verão e parte disso dizia aos usuários que espalhassem a palavra e que iremos viver em muitas cidades no próximo ano”, disse Davis. “Então nós vimos o foguete de inscrição de Detroit”.

O aplicativo é gratuito para download e a adesão também é gratuita, no entanto, há um pacote anual de membros que custa US $ 199. Os interessados obtêm mais informações sobre isso no site da organização.

Ao ser perguntada sobre o porquê de o aplicativo ser tão exigente sobre quem é convidado, Davis respondeu dizendo que encontra aqueles que procuram um “relacionamento sério”.

“É uma espécie de ervas daninhas que estão apenas procurando por uma noite, que não estão interessados em um relacionamento sério”, disse Davis.