O Google liberou hoje o novo visual do Youtube, que saiu de seu modelo clássico adotado por anos, e adere à um novo visual mais leve e compatível com todos os serviços do Google, o chamado “Material Design”, que torna todos os serviços da gigante de buscas com uma única identidade, tornando fácil a identificação e navegação por parte de seus usuários.

O Youtube se reservou desde a sua “explosão” de usuários em 2006, a praticar um visual mais leve e único, com pequenas alterações ao passar dos anos. Mesmo com várias mudanças de visual dos serviços do Google, em nenhum momento, a gigante de buscas modificou por completo o visual do Youtube.

Youtube novo youtube: google implementa material design para a rede de vídeos
Google apresenta Novo Visual do Youtube
Youtube novo youtube: google implementa material design para a rede de vídeos
Google apresenta novo visual do Youtube

O novo Youtube não é ativo instantaneamente em seu navegador, depende de fatores como o cache e cookies salvos. Ao limpar, você poderá utilizar o novo visual automaticamente, podendo, felizmente, voltar para a versão clássica ao pressionar um botão semelhante a placa “Exit”, no canto inferior esquerdo da tela de navegação do site.

Sobre o Youtube

YouTube é um site que permite que os seus usuários carreguem e compartilhem vídeos em formato digital. Foi fundado em fevereiro de 2005 por três pioneiros do PayPal, um famoso site da internet ligado a gerenciamento de transferência de fundos.

O YouTube utiliza os formatos Adobe Flash e HTML5 para disponibilizar o conteúdo. É o mais popular site do tipo (com mais de 50% do mercado em 2006) devido à possibilidade de hospedar quaisquer vídeos (exceto materiais protegidos por copyright, apesar deste material ser encontrado em abundância no sistema). Hospeda uma grande variedade de filmes, videoclipes e materiais caseiros. O material encontrado no YouTube pode ser disponibilizado em blogs e sites pessoais através de mecanismos (APIs) desenvolvidos pelo site.

Possivelmente interessado em expandir o mercado de publicidade de vídeos através de seu AdSense e também em se consolidar como um dos maiores serviços de Internet do mundo, foi anunciada em 9 de Outubro de 2006 a compra do YouTube pelo Google, pela quantia de 1,65 bilhão de dólares em ações. O resultado desta aquisição fez com que o Google encerrasse as atividades do Google Video.

A revista norte-americana Time (edição de 13 de novembro de 2006) elegeu o YouTube a melhor invenção do ano por, entre outros motivos, “criar uma nova forma para milhões de pessoas se entreterem, se educarem e se chocarem de uma maneira como nunca foi vista”

FONTE: Wikipédia