X

Presidente argentino corta luxuosa frota de aeronaves presidenciais em troca de economia

Enquanto no Brasil a situação parece bastante perdida com a crise política e econômica, na Argentina as coisas não estão tão diferentes, na verdade não por esse lado, mas em questões de melhorias, o Brasil está bem distante.

Isso se deve por que o presidente argentino Mauricio Macri, decidiu que irá vender parte da frota de aviões presidenciáveis como medida para reduzir gastos públicos. O Boeing 757, responsável por transportar o chefe de estado, passará por uma vistoria para então ser vendido por US$ 20 milhões (cerca de R$ 80 milhões).

Apenas uma aeronave continuará sob administração da presidência, porém o presidente afirmou que utilizará vôos comerciais.

O presidente argentino também fez questão de postar no Instagram, uma foto de passagens aéreas adquiridas para um voo comercial com destino à Davos, Suíça, para participar do Fórum Econômico Mundial.

São de “pequenas” ações como estas que o Brasil precisa para crescer mais e frear a atual situação econômica, talvez não de substituírem aviões próprios por vôos comerciais, mas sim de reconhecer o que precisa e o que não precisa, e ainda sim contribuir para a retomada do crescimento econômico do país.

Felipe Victor :Um simples aspirante buscando conhecimento e compartilhando ao mundo.
Disqus Comments Loading...