Buraco negro

Intocáveis, os buracos negros sempre abrilhantaram os olhos da ciência, que, mesmo moderna, sempre encontrou obstáculos para encontrá-los. Desta vez, o impressionante aconteceu; cientistas conseguiram “fotografar” um buraco negro, algo histórico na ciência e que balançou a internet nesta quarta-feira (10).

Buraco negro
Imagem: Reprodução – Esse buraco negro tem o tamanho do nosso sistema solar inteiro.

Essa imagem foi capturada através do projeto ‘Event Horizon Telescope‘ (EHT) e tem muita gente envolvida, inclusive na área de Ciências da Computação, onde uma norte-americana foi uma das que ajudaram no desenvolvimento do algoritmo capaz de montar a captura, feita por uma distância de 50 milhões de anos-luz, algo que justifica a necessidade de um código responsável por trabalhar e unir os dados e processamento de imagem com base nas informações obtidas pelos telescópios.

Buraco negro

Foto: Reprodução / First M87 Event Horizon Telescope Results. I. The Shadow of the Supermassive Black Hole / The Astrophysical Journal Letters

Foram necessários, além dos algoritmos, uma rede de vários radiotelescópios espalhados pelo planeta, que conseguiram identificar, unir informações e capturar o “monstro”, como vem sendo chamado esse buraco negro pelos cientistas. A galáxia onde ele está presente é a M87, que tem 40 bilhões de quilômetros de diâmetro, cerca de 3 milhões de vezes o tamanho do planeta terra.

A imagem abre precedente para que a ciência possa aprofundar mais os estudos sobre o fenômeno e buscar explicações sobre a existência de planetas, além de entender sobre como o sistema se comporta e até mesmo como o planeta terra surgiu, há bilhões de anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui