Google Pixel

O Google anunciou dois novos smartphones nesta terça-feira (07). Diferentemente dos lançamentos anteriores, esses novos Pixels custam menos do que se imaginava. O Pixel 3a foi anunciado por US$ 399, enquanto o Pixel 3a XL, US$ 479.

Algumas coisas também não saíram como muitos imaginavam; o Google removeu o “entalhe” – popularmente conhecido como notch – dos aparelhos, deixando uma leve borda redonda nas laterais e a câmera frontal e demais sensores em seu espaço convencional. Outra questão que chamou atenção, é a câmera sem um conjunto com duas ou mais lentes, algo que virou tendência nos novos smartphones, mas para o Google, talvez não seja tão importante assim, uma vez que a companhia desenvolveu um software poderoso que pode satisfazer o usuário em funções como o modo retrato.

Imagem: Reprodução XDA Developers

As configurações desses novos aparelhos são mais intermediárias. A bateria do Pixel 3a é de 3000 mAh, enquanto seu irmão maior, o Pixel XL tem 3700 mAh. A tela segue no padrão OLED de 5,6 para o Pixel 3a e 6 polegadas no modelo XL. Esse aparelho já vem com a nova versão do Android Q, que casa perfeitamente com um processador Qualcomm Snapdragon 670, 4 GB de RAM e 64 GB ou 128 GB de armazenamento.

Na câmera, uma abertura F de 1.8 nos 12.2 mega pixels está presente nos dois aparelhos. Para a frontal, o Google trabalhou em uma lente com 8 megapixels e abertura F 2.0.

Imagem: Reprodução Google

O design não muda muito em relação aos modelos anteriores. Parece que esses novos lançamentos foram feitos exatamente para se encaixar na última geração da família de smartphones Pixel, no caso, em sua terceira geração. O leitor de digitais continua na parte traseira.

Por ter um custo menor, esses aparelhos podem chegar ao Brasil, contrariando as políticas do Google em relação aos modelos anteriores, que mal foram vistos por aqui, devido ao preço elevado e também ao desinteresse da companhia em disponibilizá-los em terras tupiniquins. No entanto, uma nova estratégia levando em consideração o apelo popular por modelos intermediários, pode fazer com que esses Smartphone sejam vistos em lojas e e-commerce do Brasil.