Os usuários que adquiriram um Samsung Galaxy S7 ou Galaxy S7 Edge podem comemorar; O Android Oreo finalmente está chegando.  Depois de muita espera, a Samsung vai lançar a atualização para os usuários Brasileiros do até então, top de linha lançado em 2016.

Nós já mostramos como ficou o Android Oreo para o Galaxy S7, quando instalamos a rom oficial do Reino Unido, que já recebeu a atualização. Agora é o melhor momento para saber o que fazer antes de receber o pacote.

1 – Salve seus arquivos

As atualizações podem falhar. Portanto, o ideal a se fazer agora, é salvar todos os seus arquivos em um computador. Isso vai garantir que você não perca nada na atualização. Além disso, quando a atualização sair, os mais ansiosos que já tiverem armazenado seus arquivos, não vão precisar esperar para atualizar o telefone.

2 – Sincronize tudo

Verifique se tudo anda sincronizado para as datas mais recentes. Quando você instalar a atualização, tudo pode ocorrer bem, assim como você também pode ter que formatar seu telefone, devido a algum erro de instalação. Neste caso, manter tudo sincronizado vai fazer com que você não perca nenhuma configuração em uma futura formatação após atualizar para o Android Oreo.

3 – Economize dados

Como é bem provável que a atualização saia na próxima semana, já comece a economizar dados. Se você não tem Wifi em casa, separe aproximadamente 2GB da sua rede móvel. A atualização para o Android Oreo tem cerca de 1.1 GB de tamanho. Além deles, você vai precisar atualizar diversos aplicativos após a instalação.

4 – Não seja a cobaia

Recentemente, a Samsung teve que pausar a atualização do Android Oreo para o Galaxy S8, por que a atualização estava problematizando alguns smartphones. Esqueça a ansiedade e espere seus amigos ou alguém na internet dar um feedback sobre a atualização. Não instale de imediato. Se o pacote vir problemático, o que é difícil de acontecer, você com certeza vai sofrer as consequências de instalar um primeiro lote de atualização.

5 – Tire print de tudo

Nós sabemos o quanto é chato sincronizar tudo e recuperar tudo isso em seguida, apesar de ser um processo automático, pode não ter o resultado esperado, principalmente na organização da tela inicial. Uma das formas legais de lembrar como estava sua tela inicial, seus aplicativos e suas configurações, é tirar print (captura de tela) de tudo e depois rever esses arquivos para configurar do seu jeitinho.

Agora que você tem dicas valiosas, comece a praticá-las. Desta forma, a sua migração para o Android 8.0 não vai trazer dores de cabeça.