operadoras de telefonia móvel telefonia celular perde 12 milhões de linhas em dezembro
Imagem – Reprodução: Blog do Alexandre Costa

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) divulgou na última sexta feira 29-01 relatórios sobre a telefonia móvel e TV paga no país. Segundo a Anatel, de Novembro para Dezembro do ano passado, cerca de 12 milhões de linhas de telefonia móvel pré-pagas foram desativas, sendo 6,2 milhões da operadora Vivo3 milhões da Tim, 1,4 milhão da Claro e 1,1 milhão de Oi.

A Vivo obteve destaque no número de quedas de linhas, o que pode ter acontecido devido ao aumento no valor de planos da operadora. A Nextel foi a única operadora que manteve sua base em Dezembro,  ficando em 2,5 milhões de acessos.

Especialistas consultados pela Reuters comentaram recentemente que entre os motivos para a forte queda na base de telefonia celular do país, além da recessão, está o uso cada vez mais popular de aplicativos de mensagens como o WhatsApp. A combinação tem incentivado usuários a reduzir o número de chips em uso por aparelho o que acaba achatando a base nacional compilada pela agência. Fonte: G1

A Anatel também divulgou números em relação ao serviço de TV por assinatura no país, que teve o declínio de 117,3 mil clientes, sendo totalizado 19,050 milhões de assinantes. O setor vive o pior momento da história no Brasil.

Se levado em consideração o alto valor cobrado por operadoras de telefonia no Brasil, chegamos a conclusão de que a queda de clientes se deve ao fato do aumento do valor dos planos, que já são absurdamente caros no Brasil, e ficam pior a cada ano em relação ao preço. Também temos que considerar que pagamos por internet móvel um valor absurdo e é um serviço limitado. O valor de ligações também é um dos mais caros do mundo. É por este e vários outros motivos que os serviços oferecidos por aplicativos como Whatsapp estão sendo cada vez mais utilizados para substituir serviços de operadoras de telefonia móvel, o que é mais do que justo para o cliente que procura a melhor relação custo-benefício.