Windows Phone

Os dias estão cada vez mais difíceis para os usuários do Windows Phone, sistema móvel da Microsoft. Segundo dados do Net Marketshare, o sistema sofreu mais um impacto em seu Market Share – que é a variável que calcula a quota de vendas de uma empresa ou serviço no mercado.

Com 0,73% de market share, o Windows Phone está quase sendo batido por ninguém menos que o antigo Java, sistema utilizado em vários aparelhos da LG, Samsung e até mesmo Nokia quando o termo “celular com internet” ainda ganhava força. Para se ter uma ideia, um celular com java era aquele que ainda possuía o Windows Live Messenger (extinto MSN).

O Java tem 0,37% de market share.

Windows Phone
Dados do “Netmarketshare” mostra que Windows Phone continua despencando no mercado de Smartphones. Imagem/Reprodução: netmarketshare.com

E o que a Microsoft acha disso?

Em apenas 2 anos, a Microsoft viu seu sistema móvel cair de 12% para 0,73% de Market Share mundial. Isso é tão grave por que nem a própria companhia agiu para frear a queda do Windows Phone. Mas o que será que a Microsoft acha disso?

Satya Nadella, SEO da Companhia afirmou que nunca entendeu o motivo pela qual o mundo precisou de um terceiro sistema operacional para smartphones.

A empresa nunca emitiu nota sobre a real situação do seu sistema móvel. Desde que largou silenciosamente o sistema, as fábricas e as lojas oficiais, os sites de notícias só receberam informações por meio de funcionários da companhia.

Um dia já ameaçado pelo Windows Phone, iOS respira e segue bem na fita

Contrariando a Microsoft, a Apple anda trabalhando bem para alavancar o iOS. Segundo o NetMarketShare, a companhia tem 31,46% de Market Share. Em primeiro lugar, o Android ocupa 66,74% de fatia de mercado.

Em outubro de 2016, um ano antes do resultado da pesquisa mais recente divulgada pela NetMarketShare, o Android obtinha 68,54%, enquanto o sistema que já foi o terceiro mais usado do Brasil quando o Windows Phone era o segundo colocado (em 2015) – o iOS, possuía 25,78% e o Windows Phone 1,95%.

Mesmo com um crescimento 5,68% em um ano, ainda falta muito para que o iOS ameace o reinado do Android.

3