Windows Phone
Imagem: Reprodução Windows Blog Italia

Pouco se fala sobre os smartphones que acompanham o Windows 10 Mobile. Entretanto, embora seja pouco citado, há alguns usuários que respiram o sistema. A Microsoft já decidiu abandoná-lo, se preocupando exclusivamente com a segurança dos usuários que optaram por ficar. No entanto, a situação do sistema parece naufragar lentamente, como um navio que afunda.

Em primeiro plano, nada como criticar o maior e mais agravante motivo para o não crescimento do Windows Phone; a falta de aplicativos. O Windows Phone sofre disso, o Windows 10 Mobile mais ainda, mesmo sendo “vacinado” com as aplicações universais. 

Para muitos, isso pôde ser coberto por aplicativos de terceiros, que cumpriam bem os serviços de aplicações originais. Entretanto, a decadência do sistema não salvou nem mesmo o esforço de grandes desenvolvedores como o Rudy Huyn, um dos mais importantes e criativos da plataforma, que, aparentemente, também desistiu dela.

Continuum windows 10 mobile windows phone microsoft
Imagem: Reprodução – Continuum em funcionamento. Ao lado esquerdo, um Lumia 950, ao meio, o “Display Dock”, para saída HDMI e entrada de Teclado e Mouse.

Em segundo plano, a Microsoft não mostrou ou não deixou claro qual é a sua intenção em lutar por um terceiro sistema operacional mobile no mercado. Enquanto o Google e a Apple buscam inovações que vão além do telefone, como os smartwatchs e dispositivos de realidade virtual, a Microsoft ficou submersa em buscar soluções apenas para o contexto do próprio mercado de smartphones.

A companhia até chegou a lançar grandes inovações como o Hololens, mas não havia certa interação com o sistema para smartphones. Nesse meio, ela anunciou a Microsoft Band, mas que hoje é muito usada por usuários do Android e iOS, justamente por ser agradável a todos – o que é uma prática recentemente adotada pela Microsoft, que desenvolve para o maior número possível de pessoas, independente de suas escolhas – diferente de suas rivais, que tendem a priorizar suas inovações e conteúdos para seus produtos.

Por fim, concluímos que não, o Windows 10 Mobile não está morto… Mas pense nele como um grande navio, que afunda lentamente e está próximo à profundidade, onde guardará sua jornada, que foi muito útil para muitos e pouco valorizada por vários outros.

Não há chances desse navio se recuperar, mesmo pensando nos rumores em que a Microsoft trabalha em um novo smartphone, o tão sonhado Surface Phone. Esses rumores já são antigos, e, para nós, não vão ser suficientes para salvar o Windows Phone que afunda em um mar liderado por Google e Apple.