Nesta semana surgiram vários relatos de modelos do Galaxy Fold apresentando trincados, quebrados e manchas na tela após algumas horas de uso. O casos tiveram tanta repercussão negativa, que muita gente acredita que isso pode estar relacionado à algum problema de engenharia do dispositivo. No entanto, um alerta na tela sobre uma película de proteção pode ser o ponto inicial do problema, uma vez que esse alerta é ignorado e os usuários acabam removendo a película de extrema importância.

Esse alerta diz explicitamente que “a tela principal inclui uma camada protetora especial. Descolar essa camada protetora ou usar adesivos na tela principal, como protetores de tela [películas] ou adesivos, pode causar danos”. Provavelmente, muitos dos usuários que estão testando o Galaxy Fold ignoraram, assim como ignoram manuais e demais alertas, a importância dessa película. Há diversas críticas à Samsung por não enfatizar com mais clareza esse alerta, tanto no aparelho quanto no sistema Android.

Entretanto, isso não quer dizer que o Galaxy Fold não tenha algum problema físico que possa estar causando o defeito nas telas. Certamente, o alerta pode ser o principal vilão de quem não se atenta com alertas e manuais dos produtos, considerando também que a Samsung realiza testes intensos nos aparelhos quando fabricados, mas isso também não inibi a condição de defeito quando há uma produção em grande escala.

O Galaxy Fold

O Galaxy Gold é um smartphone dobrável – o primeiro da Samsung – anunciado durante o evento de lançamento do Galaxy S10, em fevereiro deste ano.