O futuro do comércio está em pauta nas grandes empresas que dominam o setor. Uma interação entre o e-commerce com o comércio em loja deve ser pensado para um futuro cada vez mais automatizado.

No entanto, enquanto muitos pensam apenas em interação, o Mercado Livre foi afundo no que diz respeito aos “padrões de consumo”. Segundo Stelleo Tolda – COO do Mercado Livre, o futuro do comércio, de modo geral, vai trazer, também, uma forma de comprar cada vez mais intuitiva, inteligente e individual.

Para Stolda, o comércio vai se basear no chamado “Consummer First” – que é a interação das empresas e consumidores através de plataformas completamente inteligentes, como, por exemplo, a utilização da inteligência artificial para automatizar processos simples. Na ocasião, foi citado o consumidor que vai comprar um produto na internet e precisa que a entrega seja veloz, com a utilização de drones.

Em outro exemplo, foi apresentado o consumidor que vai adquirir o produto em loja física, com bots, criar seu próprio modelo de sapato com impressão 3D e recebê-lo, posteriormente, em casa.

O representante também abordou como o Mercado Livre vem trabalhando para aplicar a inteligência artificial em seus processos. Nos anúncios, já faz um tempo que a plataforma faz “conexões” com outros produtos semelhantes e que os consumidores de um determinado produto também costumam adquirir.

Essa foi a terceira edição do Mercado Livre Experience. O evento contou com parceiros como o Google, em divulgação de seu serviço “Prime“, e Facebook, que focou em instruir aos presentes sobre as ferramentas do Instagram e as Stories.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui